Manejo de cavalos

 

Manter um cavalo em bom estado de saúde é fundamental. Claro!

Para isso, devemos considerar alguns aspectos que devem se complementar para que tenhamos um animal saudável física e psicologicamente:

  • Nutrição – o tipo certo e a quantidade certa de ração devem ser avaliados de acordo com o trabalho ao qual o animal vem sendo submetido. Quanto mais trabalhar, maior dose de energia vai precisar.

É fundamental que o animal tenha acesso à água limpa constantemente, devendo este acesso ser controlado apenas quando o cavalo estiver quente após a prática de algum exercício, pois pode causar laminite, que é a inflamação na estrutura interna do casco, bastante dolorosa, e cólica.

  • Exercícios físicos – Assim como os outros seres, os cavalos, independente da idade, precisam de exercícios diariamente. A atividade física fortifica os músculos e queima o excesso de energia.

Uma hora de exercícios diária (a intensidade depende do trabalho exigido) mais algumas horas solto no pasto são suficientes para o animal se manter bem.

  • Alojamento – Na hora de construir uma baia, leve em consideração a saúde, a segurança e o conforto do animal. A baia deve, ao mesmo tempo, proteger o cavalo da umidade, do frio e do vento, e permitir a iluminação e a ventilação. Deve ser fácil de ser limpa e macia para não machucar os cascos do animal.

 O feno ou sepilho de madeira, materiais utilizados para a cama, devem ser capazes de absorver a umidade. Seu interior não deve conter nada que possa machucar o animal e o cocho e o bebedouro devem ser colocados numa altura que fique confortável para o seu tamanho.

  • Limpeza do animal – escovar o seu cavalo não serve apenas para manter o pelo bonito e brilhante. Para o cavalo, é confortável ser escovado antes que lhe seja colocado o arreio. Além disso, a escovação regular do animal nos permite observá-lo todos os dias e notar qualquer anormalidade que precise ser tratada ou simplesmente observada.
  • Manutenção dos arreios – Todo o material usado no corpo do cavalo deve ser mantido limpo e em bom estado de conservação para proporcionar ao animal maior conforto e segurança, e deve ser mantido em local seco, limpo e coberto.
  •  Cuidados com os cascos – aparar os cascos e ferrar um cavalo não é para qualquer um. Invista em um bom profissional da área, pois qualquer erro causado nesta parte do animal pode comprometer a integridade dos cascos e da parte interna das patas. (Beatriz Albuquerque)
Comments powered by Dis.cuss.It